60

Par
adi
nha
sre
don
das

Vamos conhecer?

Por que

A resposta mais curta seria: porque é um número redondo!
Mas se você não ficou satisfeito, conheça a explicação longa.
Ou então visite a coleção.

Haaaa! Quer saber mais, né? Vamos lá!

O mundo está repleto de formas redondas. Desde a maneira como representamos as partículas subatômicas até os planetas e estrelas, a forma arredondada é uma constante, mesmo não sendo círculos ou esferas perfeitas. Por muito tempo, por exemplo, pensou-se que as órbitas dos planetas do nosso sistema solar eram circulares. Até que se descobriu tratarem-se de órbitas elípticas! Na verdade uma elipse e uma circunferência guardam uma profunda relação! A elipse é uma lugar geométrico que possui dois pontos notáveis chamados de focos. A distância entre os focos é conhecida por distância focal. Agora, e se os dois focos estiverem um sobre o outro, ou seja, a distância focal entre eles for igual a zero? A figura resultante é a circunferência! Da mesma forma, imagine um foco fixo e o outro foco situado no infinito. Qual seria a figura resultante? Eu tenho um palpite, mas isso vai ficar para outra conversa!

Mas e o 60? Qual a razão de ter escolhido este número? Por que não o 10, o 50 ou mesmo o 100?

O número 60 é bastante peculiar. Foi utilizado pelos sumérios para compor seu sistema de numeração, o sexagesimal (ou base 60), também conhecido como sistema de numeração babilônico. A razão dos sumérios utilizarem essa base ainda é um mistério e apesar de usarmos largamente o sistema decimal (ou base 10), os vestígios do sistema babilônico "nos perseguem". Basta nos lembrarmos da divisão de uma hora em 60 minutos e nos 60 segundos que compõem um minuto.

Buscar outras "coincidências" pode nos levar a coisas interessantes. Por exemplo, 60 possui 12 divisores (é o menor número natural com a maior quantidade de divisores!), sendo que os 6 primeiros são consecutivos (1, 2, 3, 4, 5, 6... aqui vou deixar você descobrir os outros 6). Já que citamos o 6, este número é conhecido como número perfeito, propriedade conferida aos números cuja soma dos divisores (excetuando o próprio número) resulta ele mesmo. O próximo número perfeito é o 28 e depois só vamos encontrar "perfeição" no distante 496.

Motivado por tudo isso, resolvi organizar uma coleção de 60 ícones, representando elementos reais que possuam a forma arredondada como base. Além disso, aproveitei a "flexibilidade" do número 60 em se "ajustar" e, variando o arranjo de linhas e colunas, sempre teremos grupos cujo resultado não deixará sobras (experimente "esticar" ou "encolher" a janela do seu navegador ou use o celular na vertical ou na horizontal, por exemplo).

Mas acho que agora você deve estar interessado em ver a coleção completa. Divirta-se!